Cálculo Juros Compostos – Aprenda Como Pode Ser Simples Fazer!

R$
R$

Os Juros Compostos significam ganhos maiores ao se fazer um investimento. Por outro lado, se estão relacionados ao pagamento de um empréstimo querem dizer que você terá de desembolsa uma quantia alta. Aprenda a fazer o cálculo juros compostos aqui!

O que são Juros Compostos?

O Juros Compostos correspondem a uma taxa usada mais comumente nas transações financeiras de investimentos, mas também uma o percentual que calcula os juros de muitos empréstimos.

Precisa conferir o seu Décimo Terceiro Salário? Faça o cálculo AQUI!

Publicidade

Diferença de Juros Simples e Compostos

Juros Simples e Juros Compostos têm suas próprias diretrizes que causam diferenças significativas no regimento em empréstimos e investimos.

O funcionamento dos Juros Compostas é da seguinte maneira:Calcular Juros Compostos

  1. O credor somente recebe o valor no final de tudo, quando vence o investimento.
  2. Tem crescimento em termos reais e nominais no tempo, se a taxa de juros compostos superar a inflação.
  3. Juros Compostos possuem curva ascendente devido a incorporação ao capital e fica, por exemplo, R$ 1000, R$ 1100, R$ 1210 etc.
  4. Ao crescerem geram novos juros.
  5. A fruição é diferida dos juros credor.
  6. Não se incorporam ao montante quando são pagos e neste prazo não crescem.

Os Juros Simples funcionam assim:

  1. O credor recebe os juros simples periodicamente por mês ou por ano.
  2. Ao longo do tempo são nominalmente iguais, porém não diminuem nos termos gerais (efeito da inflação).
  3. Quando somados ao capital, nominalmente, formam uma reta, por exemplo, R$ 1000, R$ 1100, R$ 1200, R$ 1300 e assim por diante.
  4. São gerados e consumidos.
  5. A fruição é imediata dos juros credor.
  6. Tem perda inflacionaria e do percentual de rendimento quando não pagos ou incorporados ao montante.

Cálculo dos Juros Compostos

Para fazer o cálculo Juros Compostos, aprender ou rever alguns conceitos importantes que influenciam esse tipo de conta. A principal característica é que a taxa de juros incide sobre o valor acumulado, o que faz o montante ser crescente.

O Cálculo dos Juros Compostos pode ser um tanto complexo. Para facilitar e tornar mais assertiva a chance da operação apresentar o valor correto você poderá usar o Excel com uma fórmula.

Contudo, para ficar mais claro, vamos supor que você tenha R$ 1.000 reais aplicados em um investimento que renda a taxa de juros compostos de 3% ao ano em 3 anos.

Primeiramente, digite no Excel a seguinte fórmula:

Valor Total: 1.259,71 = 1000 * potência (1 + 8%; 3)

O Valor de 1.259,71 é que o que receberá daqui 3 anos de investimento. Para você saber mais detalhadamente o montante apenas dos juros, calcule a informação diretamente pela fórmula:

Juros: 259,71 = 1000 * (potência (1 + 8%; 3) – 1)

Essa mesma situação se aplica a empréstimo. Em outra situação, vamos supor que você pegue emprestado a quantia de R$ 2500 reais, a taxa de juros compostos de 1% ao ano para pagar em 1 ano.

Aplicando a mesma formula, o total pago após 1 ano, desde que não houvesse nenhum atraso seria de R$ 2.525, ou seja, R$ 25 reais.

Valor Total: 2.525,00 = 2.500 * potência (1 + 1%; 1)

Juros: 25,00 = 2500 * (potência (1 + 1%; 1) – 1)

Além disso, se quiser fazer isso mais facilmente com uma calculadora online, você pode usar a nossa, do Calcule Fácil, disponibilizada no início deste artigo.

Viu como é simples aprender juros compostos? Ademais, se ficou alguma dúvida, deixe nos comentários que vamos lhe ajudar!

Descubra se os valores de suas Férias estão corretos com a Calculadora de Férias!