O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é o benefício garantido por lei ao trabalhador que exerce funções de acordo com a CLT – Consolidação das Leis Trabalhistas. E você pode obter todas as informações sobre ele através do extrato FGTS.

Assim, neste texto, você vai conferir o passo a passo para consultar o extrato FGTS. Bem como as principais curiosidades sobre o benefício.

Preste atenção, se já trabalhou com carteira assinada, é muito provável que tenha valor disponível para saque. Portanto, é de extrema importância a verificação de todas as informações contidas neste artigo. A fim de que você realize o saque normalmente.

Publicidade

O que é o FGTS

O FGTS existe com o intuito de assegurar os direitos do trabalhador demitido sem justa causa. O valor do benefício é depositado pelo empregador, no início de todos os meses, enquanto mantém vínculo empregatício entre o colaborador.

O valor corresponde a 8% da remuneração de cada funcionário. No entanto, sendo 2% a menores aprendizes, que também contribuem para o Fundo.

Além disso, o benefício é gerido pela Caixa Econômica Federal e o trabalhador pode sacar o valor referente aos anos trabalhados quando se encontrar nas seguintes situações:

  • Aposentadoria;
  • Financiamento da casa própria;
  • Falecimento do patrão e fechamento da empresa;
  • Demissão sem justa causa;
  • No término de contrato temporário;
  • Falta de trabalho por 90 dias, no caso de trabalhadores avulsos;
  • Ter 70 anos de idade ou mais;
  • Por doenças graves, tipo câncer ou AIDS;
  • Falecimento do colaborador;
  • Rescisão por culpa de ambos os lados (emprega/trabalhador);
  • Em caso de acidentes naturais, tipo inundações, chuvas, desabamentos ou qualquer outro caso que tenha acometido a residência do trabalhador;
  • Mais de 3 anos sem ter deposito na conta do FGTS.

Como consultar o extrato FGTS?

Agora, vamos ao que interessa. O extrato FGTS pode ser consultado diretamente no site da Caixa Econômica Federal, na página de serviços.EXTRATO FGTS

Confira, abaixo, como consultar o extrato do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, assim como a documentação necessária para ter acesso ao valor contido na sua conta. Veja o passo a passo:

  1. Acesse a página de serviços da Caixa;
  2. Feito isso, informe o seu número do PIS ou NIS e clique em “Cadastrar senha”;
  3. Na próxima tela, a página de Contrato de Prestação de Serviço ao Cidadão, confira todas as informações contidas e clique em “Aceito”, se estiver de acordo;
  4. Agora, precisará inserir algumas informações pessoais, como nome completo, nome completo da sua mãe e pai, cidade onde nasceu e muitos outros dados. Separe a documentação e preencha com cuidado, pois qualquer dado errado poderá prejudicar o cadastro;
  5. Depois, vai precisar cadastrar uma senha numérica que possua no mínimo 6 dígitos, que deve ser composta por letras e números. Não se esqueça dessa senha, pois será usando ela que terá acesso ao extrato do FGTS;
  6. Na página inicial, você vai informar novamente o número do seu PIS ou NIS (é a mesma coisa) e colocar a senha cadastrada. Feito isso, clique em “OK”;
  7. Pronto! Você já estará na sua página do FGTS, agora precisa consultar o extrato;
  8. Ao clicar na guia “FGTS”, vai ter disponível o extrato do FGTS e extrato completo. Selecione o desejado e pronto!

Não conseguiu ver seu Extrato FGTS e gostaria de saber o saldo?

Qual a diferença entre o extrato comum e o completo (FGTS)

Assim como você pôde ver acima, as movimentações na sua conta do FGTS podem ser consultadas de duas maneiras:

  • Extrato: aqui você tem acesso ao relatório do benefício, bem como os últimos depósitos, empresas depositantes e a quantia que cada uma delas depositou em um determinado período. Eventualmente também pode consultar o histórico de lançamento e todos os juros aplicados no valor contido na sua conta;
  • Extrato completo: aqui, basicamente, se tem acesso às mesmas informações que o extrato comum do FGTS. No entanto, neste campo é possível consultar todos os depósitos desde a abertura da conta na Caixa.

Além de consultar o extrato do FGTS, também pode imprimir todos eles, diretamente do seu computador ou smartphone. A fim de imprimir, basta clicar no botão de mesmo nome e escolher uma impressora local.

Quando posso sacar o FGTS

Como sacar o FGTS corretamente

A partir do momento em que se enquadrar em qualquer uma das situações mencionadas no início deste artigo, o saque do FGTS já pode ser efetuado. Assim, veja o que é necessário para sacar o Fundo de Garantia:

Tenha em mãos todos os documentos

Você vai precisar de um documento de identificação com foto (RG ou CNH), Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) e o número do seu PIS. No entanto, dependendo da categoria, vai ter que apresentar algumas documentações específicas.EXTRATO FGTS

Verifique os prazos

No caso de demissão por justa causa, a empresa que encerrou o contrato com você é a responsável por comunicar o ocorrido à Caixa. O processo dura em média 5 dias. Portanto, após essa data, já pode sacar o FGTS.

No entanto, se ultrapassar esse prazo, você deve entrar em contato com a Caixa, para verificar o motivo do não depósito.

Acesso ao benefício

Para sacar o FGTS basta comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal e apresentar toda a documentação necessária, mais o número do PIS. Isso vale a trabalhadores que não possuem o cartão cidadão com senha.

A quem já tem uma conta na Caixa é só comparecer a uma Casa Lotérica, tendo o cartão cidadão em mãos. No entanto, a saques acima de R$ 1,5 mil, se faz necessário o comparecimento a um posto de atendimento eletrônico da Caixa Econômica Federal.

Aplicativo do FGTS

Você também pode consultar o extrato FGTS no seu celular. É só baixar o aplicativo do serviço da Caixa na loja de aplicativos do seu smartphone, e realizar as seguintes etapas:

  • O app está disponível a Android, IOS e Windows Phone. Procure por FGTS, baixe e instale no seu aparelho;
  • Feito isso, insira o número do NIS e informe a sua senha de internet. Assim, que é a mesma utilizada para consultar o extrato do benefício no site da Caixa.

No aplicativo, você tem acesso às mesmas funções que teria no site, só que com muito mais comodidade e facilidade de manuseio. Cabe destacar que o aplicativo é chamado de FGTS. Ele é o único autorizado e seguro pela Caixa Econômica Federal.